A verdadeira vida é a do espírito

Nos momentos de dor e desespero, procure se lembrar da sua verdadeira identidade. Você não é um corpo que tem um espírito. Você é um espírito eterno que está temporariamente neste corpo. 

Diante da eternidade, tudo é tão pequeno, tão passageiro… O que você é em essência, não em aparência, é o que importa.

O que você tem feito pelo seu ser integral? Que esforços você tem empreendido para se tornar realmente consciente de si mesmo?

Nada nesta vida tem a ver com o outro… Até o mal que alguém me faça tem a ver comigo, porque ao outro caberá responder por seus atos, mas somente a mim compete decidir o que vou fazer da minha vida a partir daquilo.

Vencer no mundo é fácil. Vencer a si mesmo é o grande desafio.

Deixe um comentário