O amor é algo que se dá. O resto é egoísmo.

Quando aprendermos a amar de verdade, estaremos completos e felizes e não precisaremos de mais nada! Nem de sermos amados de volta!

Porque o amor verdadeiro preenche quem sente, dá a certeza de integração, de totalidade e uma inigualável euforia, porque se desenvolve primeiro na própria pessoa, para, só depois, fluir para os outros.

Deixe um comentário