Queria abraçar o mundo! O mundo todo e todo mundo!

Queria abraçar o mundo! O mundo todo e todo mundo!

Na nossa casa Terra, a dor existe desde sempre, mas nem sempre olhamos pra ela quando ela não está na nossa janela.

A dor de longe geralmente é tão distante que parece nem existir. E até a dor de perto é distante quando está ali e não aqui.

Mas agora, a minha janela dá vista pra sua… Algo invisível, microscópico, um vírus vence a barreira do espaço e, de repente, não existe mais ali… É tudo aqui.

E todo mundo é obrigado a olhar pra dor, pro medo, pra insegurança.

Meu desejo sincero é que essa visão expandida não fique apenas nas trevas, que só geram pânico e mais dor.

Que nesses dias de dúvida, a gente consiga enxergar a certeza da luz, passe a confiar de verdade na força maior que rege o universo e, quem sabe, finalmente aprenda a amar…

Deixe um comentário