Todos nós precisamos de um pouco de silêncio…

Todos nós precisamos de um pouco de silêncio…

Silêncio para ouvirmos todo o barulho que está dentro da gente.

Acho que esta tem sido a minha maior dificuldade nestes dias de quarentena: a impossibilidade de ficar um pouquinho que seja em silêncio e no silêncio.

Com todo mundo em casa, todos juntos, ao mesmo tempo, toda hora é impossível ficar isolada! Que ironia.

Eu amo a minha família! Um dos meus maiores propósitos de vida é ser mãe e esposa. Quero deixar isso bem claro e devidamente registrado pra (tentar) evitar qualquer má interpretação.

Mas um fato inquestionável é que existe uma grande parcela de solidão em todo ser humano. Compartilhamos nossa vida com várias pessoas que amamos e que nos amam, mas a nossa caminhada evolutiva é individual! Por isso, desenvolver a capacidade de estar sozinho é algo extremamente importante, positivo e necessário.

Quem só consegue andar em bando é porque não dá conta de encarar a si mesmo! A solidão revela os barulhos que vão dentro da gente e nem todo mundo tem coragem o bastante para ouvir os sons dramáticos, fúnebres, tensos e tristes que muitas vezes tocam na nossa alma.

A algazarra lá fora dá a impressão de que só existem cantigas de ninar, musicais alegres e leves da Broadway ou dos filmes da Disney. E assim até parece fácil viver.

De forma alguma devemos nos entregar à angústia! Pelo contrário! Podemos, inicialmente, acolhê-la para, logo em seguida, buscar um sentido que nos impulsione, no leve adiante.

Mas quis trazer esse assunto à tona porque imagino que muitas pessoas estejam se cobrando e, pior, se punindo, porque não estão conseguindo ver todas essas “maravilhas” do isolamento social.

Já estão estressadas, cansadas, irritadas com as criançada em casa, com a escola que acha que todos os pais são naturalmente pedagogos, com o acúmulo de vááááárias tarefas, com a instabilidade emocional de todos da família e as alterações de comportamento provocadas por esse confinamento!

Meu recado, hoje, é pra você que, assim como eu, é humano: é normal se sentir estressado, cansado, irritado neste cenário que estamos vivendo. Não acredite em tudo o que você vê nas redes sociais.

Aquela amiga que, além de estar trabalhando home office, tem uma brincadeira diferente com os filhos todo dia e ainda cozinha, cuida da casa, faz ginástica e grava um vídeo linda, maquiada e feliz, falando da maravilha que é essa oportunidade de estar mais em família…

Aquele amigo que também está trabalhando home office e ainda acompanha as crianças nos exercícios da escola, acha uma delícia ensinar matérias que estudou há mais de trinta anos, reveza com a esposa nas tarefas da casa e é um verdadeiro chef de cozinha… .

Não vou dizer que é fake em 100% dos casos, mas que tem, no mínimo, uma glamourização, ah isso tem!

Então, por favor, não se cobre tanto e nem se culpe se você lamentar o fato de que, assim como eu, precisa esperar até depois da meia noite pra conseguir ter um pouco de silêncio e sossego. Não se puna por ficar acordada até de madrugada só pra poder estar só com você, mesmo sabendo que amanhã cedinho toda aquela agitação começa de novo…

Deixe um comentário