Ver de verdade

Se olharmos bem de pertinho, somos a união de partes: boca, olhos…

Se nos afastarmos um pouquinho, a gente descobre um rosto. E um pouco mais ainda, chegamos a um corpo.

Mas ao longo da vida vamos nos afastando tanto tanto que geralmente não vemos mais nem a gente, nem ninguém!

Quanto tempo mais você vai demorar pra voltar a ver? Mas ver de verdade!

Olhe-se no espelho, olhe no fundo dos seus olhos e veja a sua essência, encontre-se com seu eu verdadeiro.

Faça isso com os outros também! Olhe para o eu verdadeiro do outro. Veja além da boca, dos olhos, do rosto. Veja a sua identidade verdadeira.

E, assim, seja de fato um ser humano conectado a outro ser humano. Somente isso! Tudo isso!!

Deixe um comentário